RAINHA DA ESPANHA CONDECORA INSTITUTO DAS IRMÃS OBLATAS DO SANTÍSSIMO REDENTOR

Compartilhar

Prestes a completar, em 2014, 150 anos de atividades com as mulheres em situação de prostituição, o Instituto das Irmãs Oblatas do Santíssimo Redentor recebeu na Espanha, nesta terça-feira (14/01), a “Cruz de Prata da Ordem Civil de Solidariedade Social”. A condecoração, entregue pessoalmente por Sua Majestade, a Rainha Sofia, foi recebida pela Madre Geral do Instituto das Irmãs Oblatas do Santíssimo Redentor, Lourdes Perramon. Criada em 17 de abril de 1989, a “Cruz de Prata da Ordem Civil de Solidariedade Social”, é uma condecoração concedida às pessoas e/ou instituições que promovem o desenvolvimento humano com atividades e ações sociais, em benefício do bem-estar da sociedade. O Instituto das Irmãs Oblatas do Santíssimo Redentor, que tem sede na Espanha, possui Unidades Oblatas em vários países do mundo, e no Brasil, estão localizadas nas capitais: Belo Horizonte/MG, Salvador/BA, São Paulo/SP, e na cidade de Juazeiro, na Bahia.


Para Fernanda Lins, coordenadora da Pastoral da Mulher de Juazeiro, Unidade vinculada ao Instituto das Irmãs Oblata do Santíssimo Redentor, “é um orgulho muito grande fazer parte desta instituição que trabalha com o objetivo da promoção humana da mulher em situação de prostituição, na busca de construir uma sociedade mais justa. E este o reconhecimento ao Instituto, reflete em todas as instituições vinculadas às Irmãs Oblatas no Brasil, Inclusive à nossa Pastoral, não somente pela metodologia no trabalho com as mulheres em situação de prostituição, bem como, na luta contra o tráfico de pessoas”. A honraria, que foi concedida à Congregação das Irmãs Oblatas, contou com a presença também, da Sua Alteza Real, a Princesa de Astúrias, do ministro da Saúde, Serviços Sociais e Igualdade, além de demais instituições homenageadas.

Fonte: AssCom Rede Oblata

Conteúdos do blog

As publicações deste blog trazem conteúdos institucionais da Pastoral da Mulher – Unidade da Rede Oblata Brasil, bem como reflexões autorais e também compartilhadas de terceiros sobre o tema prostituição, vulnerabilidade social, direitos humanos, saúde da mulher, gênero e raça, dentre outros assuntos relacionados. E, ainda que o Instituto das Irmãs Oblatas no Brasil não se identifique necessariamente com as opiniões e posicionamentos dos conteúdos de terceiros, valorizamos uma reflexão abrangente a partir de diferentes pontos de vista. A Instituição busca compreender a prostituição a partir de diferentes áreas do conhecimento, trazendo à tona temas como o estigma e a violência contra as mulheres no âmbito prostitucional. Inspiradas pela Espiritualidade Cristã Libertadora, nos sentimos chamadas a habitar lugares e realidades emergentes de prostituição e tráfico de pessoas com fins de exploração sexual, onde se faz necessária a presença Oblata; e isso nos desafia a deslocar-nos em direção às fronteiras geográficas, existenciais e virtuais. 
Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.