Sem categoria

UNIDADE OBLATA DE JUAZEIRO APRESENTA SEU TRABALHO EM SEMINÁRIO EM SALVADOR

Publicado em

No dia 21 de outubro a equipe do Projeto Força Feminina – Unidade Oblata em Salvador promoveu um seminário no Centro Cultural da Câmara de Salvador a fim de refletir sobre: A importância da rede de articulação sociassistenciais para o enfrentamento à violação de direitos das mulheres. A educadora social Railane Delmondes esteve presente refletindo […]

Sem categoria

UNIDADE OBLATA DE JUAZEIRO APRESENTA SEU TRABALHO EM SEMINÁRIO EM SALVADOR

Publicado em

No dia 21 de outubro a equipe do Projeto Força Feminina – Unidade Oblata em Salvador promoveu um seminário no Centro Cultural da Câmara de Salvador a fim de refletir sobre: A importância da rede de articulação sociassistenciais para o enfrentamento à violação de direitos das mulheres. A educadora social Railane Delmondes esteve presente refletindo […]

Sem categoria

Brasil está vivendo uma epidemia de sífilis

Publicado em

Segundo o Ministério da Saúde, número de bebês infectados aumentou 170% de 2010 a 2015                     Dados alarmantes do Ministério da Saúde: casos de sífilis em gestantes no Brasil aumentou 202% em cinco anos (foto: Pixabay)   Informação oficial do Ministério da Saúde revela que o Brasil enfrenta uma epidemia de sífilis, com uma alta […]

Sem categoria

Cantinho da Beleza enfeita as tardes da Pastoral

Publicado em

A  Pastoral da Mulher, Unidade Oblata em Juazeiro Bahia, desde o mês de fevereiro de 2016 vem oferecendo serviços de beleza as mulheres atendidas: design de sobrancelhas, hidratação, escova de cabelos, entre outros. Com objetivo de promover espaços para a melhoria da auto estima e também favorecer o debate sobre temáticas voltadas ao universo feminino. No espaço do salão […]

Sem categoria

Contra o feminicídio, mulheres tomam as ruas na América Latina

Publicado em

“Entre guarda-chuvas e silêncio”, escreveu o jornal Clarín, sobre o protesto que reuniu milhares de mulheres.As manifestações foram motivadas por um dos feminicídios mais brutais já registrados na Argentina. Lucía Pérez morreu, aos 16 anos, em um caso que foi classificado pela juíza responsável pelas investigações como “uma aberração desumana”. De acordo com o inquérito, […]