Representantes femininas dos partidos políticos traçam estratégias para ampliar participação das mulheres

Compartilhar


29/01 – Representantes femininas dos partidos políticos traçam estratégias para ampliar participação das mulheres
A ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR), Eleonora Menicucci, abre, nesta quinta-feira (30/01), a reunião do Fórum Nacional de Instâncias de Mulheres de Partidos Políticos, que acontece em Brasília. O objetivo do encontro, que terá a presença de representantes de 22 partidos, é definir estratégias para ampliar a participação feminina nos espaços de poder e enfrentar a sub-representação no Legislativo.
 
“A ideia é analisar as iniciativas que estão sendo tomadas pelos partidos para ampliar a participação política das mulheres”, afirma a secretária nacional de Articulação Institucional e Ações Temáticas da SPM, Vera Soares, coordenadora da reunião.
 
Desde 2009, as representantes do Fórum se reúnem, no mínimo, duas vezes por ano para debater estratégias de ampliação feminina nos espaços políticos e também apontar os temas que interessam à questão de gênero. Além das instâncias partidárias, a SPM e o Conselho Nacional dos Direitos da Mulher (CNDM) participam dessa articulação.
 
O Fórum é responsável pela campanha ‘Mais Mulheres no Poder’, ação permanente que objetiva aumentar a presença de mulheres nos espaços de poder e decisão.
 
A reunião do Fórum começa às 14h na sede da SPM, no Centro Cultural Banco do Brasil de Brasília.
 
 
 
Comunicação Social
Secretaria de Políticas para as Mulheres – SPM
Presidência da República – PR

Conteúdos do blog

As publicações deste blog trazem conteúdos institucionais da Pastoral da Mulher – Unidade da Rede Oblata Brasil, bem como reflexões autorais e também compartilhadas de terceiros sobre o tema prostituição, vulnerabilidade social, direitos humanos, saúde da mulher, gênero e raça, dentre outros assuntos relacionados. E, ainda que o Instituto das Irmãs Oblatas no Brasil não se identifique necessariamente com as opiniões e posicionamentos dos conteúdos de terceiros, valorizamos uma reflexão abrangente a partir de diferentes pontos de vista. A Instituição busca compreender a prostituição a partir de diferentes áreas do conhecimento, trazendo à tona temas como o estigma e a violência contra as mulheres no âmbito prostitucional. Inspiradas pela Espiritualidade Cristã Libertadora, nos sentimos chamadas a habitar lugares e realidades emergentes de prostituição e tráfico de pessoas com fins de exploração sexual, onde se faz necessária a presença Oblata; e isso nos desafia a deslocar-nos em direção às fronteiras geográficas, existenciais e virtuais. 
Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.