Pastoral da Mulher de Juazeiro celebra São João com participação das mulheres

Compartilhar
Ao som de músicas de forró e quadrilha junina, a Pastoral da Mulher de Juazeiro, Unidade Oblata no Vale do São Francisco, realizou a Festa de São João da Pastoral. A medida em que as mulheres, convidadas para a festa, iam chegando, eram recepcionadas com comidas e bebidas típicas, entrando no clima dos festejos juninos, acompanhadas das agentes que estavam caracterizadas.
Com uma fogueira produzida de papel, as mulheres foram convidadas, desta vez para o auditório e participarem da roda de conversas, onde, através de palavras chaves de símbolos da festa junina, colocadas na fogueira, conversarem sobre suas experiências com aqueles símbolos.
Palavras chaves, como: simpatias, comidas juninas, dançar quadrilha, soltar fogos, pular fogueira, dançar forró, casamento matuto, rainha do milho, roupa caipira, milho assado na fogueira proporcionou a abertura das conversas trazendo nelas a lembrança de momentos juninos em suas vidas. Comentaram o que gostavam de comer nesta época, as simpatias que faziam e ensinavam a fazer, as lembranças que tinham da infância, quando celebraram o São João.
Por último, aconteceu a retirada uma frase: “UM SÃO JOÃO INESQUECIVEL”. Entre todas que citaram boas lembranças do São João, Joelma Moreira, comentou que, certa vez, comemorou, durante três dias, com uma pessoa, numa festa que ocorria tradicionalmente na cidade. Disse ainda, que foi muito bom e até vinha na Pastoral com um chapéu que ganhou desta pessoa na época. Tal comentário, transpareceu ter sido uma lembrança muito boa na sua vida, pois, falava com bastante saudosismo.
Depois da roda de conversas foi realizada a apresentação do casamento matuto, protagonizado pelas agentes da Pastoral e participação de Joelma Moreira. Foi um teatro improvisado e de grande diversão para todos que fizeram e prestigiaram. Em seguida as comidas foram sendo servidas como estava sendo antes como lanche. Algumas mulheres também se animaram em dançar forró. Os licores confeccionados na oficina de habilidades foram distribuídos para as mulheres da turma e aquelas que estavam presentes no evento. Os que restaram também foram sorteados.
A celebração do São João da Pastoral da Mulher de Juazeiro seguiu até o final da tarde, com muita animação.


Conteúdos do blog

As publicações deste blog trazem conteúdos institucionais da Pastoral da Mulher – Unidade da Rede Oblata Brasil, bem como reflexões autorais e também compartilhadas de terceiros sobre o tema prostituição, vulnerabilidade social, direitos humanos, saúde da mulher, gênero e raça, dentre outros assuntos relacionados. E, ainda que o Instituto das Irmãs Oblatas no Brasil não se identifique necessariamente com as opiniões e posicionamentos dos conteúdos de terceiros, valorizamos uma reflexão abrangente a partir de diferentes pontos de vista. A Instituição busca compreender a prostituição a partir de diferentes áreas do conhecimento, trazendo à tona temas como o estigma e a violência contra as mulheres no âmbito prostitucional. Inspiradas pela Espiritualidade Cristã Libertadora, nos sentimos chamadas a habitar lugares e realidades emergentes de prostituição e tráfico de pessoas com fins de exploração sexual, onde se faz necessária a presença Oblata; e isso nos desafia a deslocar-nos em direção às fronteiras geográficas, existenciais e virtuais. 
Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.