Encontro das Cirandas Parceiras aborda: Um olhar sobre “As Mudanças no Trabalho Sexual”

Encontro Cirandas Parceiras
Compartilhar

Com o tema: “As mudanças no trabalho sexual”, as Cirandas Parceiras realizará no próximo dia 08 de outubro, às 10h, um encontro através da plataforma virtual do “google meet”, aberto a parceiros, estudantes e interessados na temática.

O artigo que dá tema ao encontro integra o livro: “Prostituição: mudanças, autoimagens, confrontações e violência”, lançado pela da Rede Oblata no Brasil e mostra como a atividade sexual vem se transformando no decorrer dos anos, sobretudo a partir do século XXI. O tema chama à atenção para as posturas do Estado em relação à prostituição que, ora utiliza a repressão, ora ignora a atividade na sociedade.

O momento será conduzido pela Assistente Social Anna Lícia Brito e a Educadora Railane Delmondes, que integram a equipe da Pastoral, que atua há 42 anos no atendimento e acompanhamento às mulheres que exercem a prostituição na cidade de Juazeiro/BA.

Logo – Cirandas Parceiras

Para participar basta clicar no link do convite no dia e horário, que será endereçado/a para sala do encontro.

Encontro Cirandas Parceiras
Encontro Cirandas Parceiras: http://convite_cirandas_parceiras_livro – PDF clicavel
Imagem do livro: Prostituição: mudanças, autoimagens, confrontações e violência.

Para os interessados, o livro está sendo vendido no site da Editora Pluralidades e na Amazon (e-book). Alguns exemplares impressos podem ser adquiridos diretamente com a coordenação do Instituto das Irmãs Oblatas no Brasil, através do e-mail e telefone: [email protected]
Telefone: (11) 2294-8324 | São Paulo/SP.

Conteúdos do blog

As publicações deste blog trazem conteúdos institucionais da Pastoral da Mulher – Unidade da Rede Oblata Brasil, bem como reflexões autorais e também compartilhadas de terceiros sobre o tema prostituição, vulnerabilidade social, direitos humanos, saúde da mulher, gênero e raça, dentre outros assuntos relacionados. E, ainda que o Instituto das Irmãs Oblatas no Brasil não se identifique necessariamente com as opiniões e posicionamentos dos conteúdos de terceiros, valorizamos uma reflexão abrangente a partir de diferentes pontos de vista. A Instituição busca compreender a prostituição a partir de diferentes áreas do conhecimento, trazendo à tona temas como o estigma e a violência contra as mulheres no âmbito prostitucional. Inspiradas pela Espiritualidade Cristã Libertadora, nos sentimos chamadas a habitar lugares e realidades emergentes de prostituição e tráfico de pessoas com fins de exploração sexual, onde se faz necessária a presença Oblata; e isso nos desafia a deslocar-nos em direção às fronteiras geográficas, existenciais e virtuais. 
Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.