ANTES DE SER MÃE, MULHER!

Compartilhar

Com este recorte a Pastoral da Mulher promoveu na última sexta-feira(6) uma ação beneficente em sua sede com o intuito de promover a autoestima das assistidas.


Com a vida em “modo automático” e com a correria da rotina muitas mulheres não priorizam momentos de autocuidado, conversa com as amigas, lazer e outros.
Desejando proporcionar um momento “delas”, a equipe promoveu um ação alusiva ao dia das mães ofertando serviços de escova / hidratação, design de sobrancelha e um bazar “construído” coletivamente com a doação de amigos, familiares e parceiros da instituição.


O “Bazar da Toinha”, nome escolhido pela equipe para homenagear Madre Antônia, fundadora da Congregação das Irmãs Oblatas do Santíssimo Redentor, disponibilizou às assistidas roupas, sapatos, bolsas, acessórios e kits de higiene pessoal.
Foi utilizada uma moeda fictícia com valor afetivo e as mulheres podiam realizar “o saque” ao chegar no espaço para fazer suas compras.


As educadoras sociais ressaltaram que receberam muitas doações e isto reflete a importância do trabalho de sensibilização realizado continuamente.
O momento foi de descontração e beneficiou 27 assistidas.

Expressamos aqui nossa gratidão a todos os envolvidos nessa atividade.

@ana.lima.lua @docarmoazevedo_ @psi.leticiacoelho @jessicamarizze.eng @biabazilio @mariaquiteriajua @psirosianecarneiro @apaulassantos19 @amfmenezes @tiane_costa @neilinhafernandes @flavianunesaraujo @lari.terapeutaholistica @@flavia_cavalcantii @opablogaspar

Conteúdos do blog

As publicações deste blog trazem conteúdos institucionais da Pastoral da Mulher – Unidade da Rede Oblata Brasil, bem como reflexões autorais e também compartilhadas de terceiros sobre o tema prostituição, vulnerabilidade social, direitos humanos, saúde da mulher, gênero e raça, dentre outros assuntos relacionados. E, ainda que o Instituto das Irmãs Oblatas no Brasil não se identifique necessariamente com as opiniões e posicionamentos dos conteúdos de terceiros, valorizamos uma reflexão abrangente a partir de diferentes pontos de vista. A Instituição busca compreender a prostituição a partir de diferentes áreas do conhecimento, trazendo à tona temas como o estigma e a violência contra as mulheres no âmbito prostitucional. Inspiradas pela Espiritualidade Cristã Libertadora, nos sentimos chamadas a habitar lugares e realidades emergentes de prostituição e tráfico de pessoas com fins de exploração sexual, onde se faz necessária a presença Oblata; e isso nos desafia a deslocar-nos em direção às fronteiras geográficas, existenciais e virtuais. 
Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.