Ação de Saúde Bucal na Pastoral da Mulher

Compartilhar

A Pastoral da Mulher realizou na segunda feira, dia 04 de julho, uma ação de saúde bucal para as assistidas em parceria com a Secretaria de Saúde (Sesau), através da Unidade Móvel de Atendimento Odontológico.

A unidade é equipada para tratamento dentário em áreas que possuem alta procura por atendimento odontológico e faz parte do projeto da Sesau “Saúde em Movimento”, que tem a proposta de levar serviços de saúde especializados para mais perto da população.


“A Pastoral vem investido em ações no campo da saúde de forma integral e para isso realiza constantemente sensibilização e articulação com a rede para o acesso das mulheres assistidas as políticas públicas e aos direitos de cidadania”, destaca Fernanda Lins, Coordenadora da instituição. A busca por dentistas vinha sendo crescente, especialmente durante o período de pandemia, quando as unidades limitaram os atendimentos a situações de emergência, por medida de segurança.


Durante a ação foram atendidas 10 mulheres, que realizaram procedimentos diversos. A.S, mulher assistida relata: “Quero agradecer a Pastoral da Mulher pela oportunidade que deu a mim e a outras mulheres para cuidar da saúde bucal. A gente sabe o quanto é importante. Espero que tenha mais vezes. Quero agradecer também a dentista, a auxiliar e a prefeitura de Juazeiro por esse apoio.”


A pastoral distribuiu Kits de higiene para incentivar as mulheres a manterem os cuidados com a saúde bucal e pretende fortalecer a parceria para continuar com os atendimentos, pois cuidar dos dentes não é apenas uma questão estética, e sim de saúde.

Texto: Pastoral da Mulher

Conteúdos do blog

As publicações deste blog trazem conteúdos institucionais da Pastoral da Mulher – Unidade da Rede Oblata Brasil, bem como reflexões autorais e também compartilhadas de terceiros sobre o tema prostituição, vulnerabilidade social, direitos humanos, saúde da mulher, gênero e raça, dentre outros assuntos relacionados. E, ainda que o Instituto das Irmãs Oblatas no Brasil não se identifique necessariamente com as opiniões e posicionamentos dos conteúdos de terceiros, valorizamos uma reflexão abrangente a partir de diferentes pontos de vista. A Instituição busca compreender a prostituição a partir de diferentes áreas do conhecimento, trazendo à tona temas como o estigma e a violência contra as mulheres no âmbito prostitucional. Inspiradas pela Espiritualidade Cristã Libertadora, nos sentimos chamadas a habitar lugares e realidades emergentes de prostituição e tráfico de pessoas com fins de exploração sexual, onde se faz necessária a presença Oblata; e isso nos desafia a deslocar-nos em direção às fronteiras geográficas, existenciais e virtuais. 
Compartilhar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.